ERP

O gerenciamento de negócios é um fator determinante da lucratividade. Uma empresa é bem-sucedida não apenas pela qualidade dos produtos ou serviços que vende, mas também pela economia na produção e administração. A otimização dos recursos disponíveis ajuda o investimento a ter o melhor desempenho. Portanto, é uma área que requer atenção e investimento. A tecnologia teve o cuidado de fornecer soluções de gerenciamento que a simplificam, reduzem erros, tempo, esforço e custos. Ter um sistema de gerenciamento de ERP aumenta a eficácia, garante o controle e permite detectar oportunidades de negócios. Se você ainda não instalou um ERP ou se o que você usa requer atualizações, nós o convidamos a consultar nosso site. Você encontrará o software mais adequado para sua empresa.

O que é um ERP?

Um ERP é um software que integra em um único sistema todos os processos que uma empresa executa. Uma definição simples e clara que fala da função principal do ERP: a centralização das operações a serviço da economia e da produtividade. ERP é um acrônimo que significa Enterprise Resource Planning. A expressão em inglês designa o conceito de sistema de planejamento de recursos. E isso é precisamente um ERP: um programa composto de funcionalidades que permitem o planejamento de recursos

Como um ERP eficiente funciona?

Um ERP trabalha com base nas operações de registro, armazenamento e integração de dados gerados pela empresa. Ele se integra a aplicativos ou módulos, cada um dos quais atende a uma área diferente. A centralização dos dados permite seu uso em várias operações que exigem isso. A informação centralizada melhora a coordenação, automação e tomada de decisão. Os processos são aprimorados e a produtividade aumenta.

Quais são as funcionalidades básicas de um sistema de gerenciamento de ERP?

Nem todos os ERPs têm exatamente a mesma funcionalidade. Existem alguns básicos e outros mais completos e complexos. A escolha dependerá das características da empresa que a instalará, de suas necessidades e recursos. Em geral, existem algumas funcionalidades básicas que, na maioria dos ERPs, são integradas em módulos. Quais são?

 

Finanças

É uma área da empresa que deve ser integrada ao ERP. Com essa funcionalidade, toda a atividade e o desempenho econômico da empresa são gerenciados de maneira fácil e direta. Contabilidade, cobrança e pagamento de faturas, saldos, impostos, tudo é centralizado em um bom sistema de gerenciamento de ERP. Também possibilita o controle do fluxo de caixa a qualquer momento.

Compras - Vendas

É uma área chave de qualquer empresa. Essa funcionalidade permite planejar a atividade comercial. Geralmente, atende a movimentos em nível global, mas também lida com informações por períodos de tempo, por fornecedor, por filial. Gerenciamento de fornecedores, circuito de vendas, taxas, relatórios de compras e vendas, todos são operações centralizadas no sistema ERP. Além disso, facilita o controle e o conhecimento do status da situação em tempo real.

Gestão de inventário, logística e armazém

A organização e controle dos armazéns é muito importante para reduzir o vazamento de recursos e as perdas de produtos. Um ERP mantém o inventário atualizado e permite que você saiba o que é e o que está faltando o tempo todo. Os problemas do cliente são evitados, a compra e a produção podem ser antecipadas e a produtividade é melhorada.

Administração de projetos

Gerenciamento de projetos é um tópico que demanda muito tempo nas empresas. Um sistema de gerenciamento de ERP controla o progresso de cada projeto, os custos em cada estágio, a situação de cada funcionário envolvido. Um projeto mal gerenciado pode arruinar o relacionamento com os clientes e levar a enormes perdas.

Gestão de pessoas

A folha de pagamento e os cálculos de remuneração e benefício são um tópico que merece atenção. Se os funcionários se sentirem bem tratados, os conflitos serão evitados. Erros nesta área certamente causarão problemas. Um ERP que possua um módulo de gerenciamento de Recursos Humanos permitirá atender esse setor altamente sensível da empresa, de acordo com os regulamentos legais vigentes.

Integração de ERP e CRM

Um ERP executa diferentes funções do CRM. No entanto, são complementares e a integração entre os dois é muito útil. Se a empresa tiver um CRM, poderá integrar seu ERP e terá uma solução muito poderosa e eficiente.

Quais outras condições caracterizam um bom sistema de gerenciamento de ERP?

Além dos módulos que determinam as aplicações, existem outros fatores que determinam a utilidade e a praticidade do uso do ERP: Quais?

Escalabilidade

Um ERP escalável acompanhará o crescimento da empresa. Inicialmente, começará instalando e trabalhando com os módulos de que a empresa precisa naquele momento. Porém, conforme ele muda, evolui e cresce, você poderá adaptar o ERP a essas alterações. Escalabilidade refere-se a essa adaptação. Portanto, um software ERP escalável garante sua vida útil.

Flexibilidade

Ao passar de um sistema de gerenciamento tradicional para outro através de um ERP, serão necessárias adaptações. Agora, o ERP se adapta ao sistema de trabalho da empresa ou muda seu sistema de trabalho para se adaptar ao ERP? Sem dúvida, um sistema flexível de gerenciamento de ERP será integrado à organização já instalada na empresa. Exigirá apenas alterações mínimas. A dinâmica do trabalho pode permanecer a mesma, embora se torne mais ágil e eficiente.

Capacidade de integração rápida e confiável

Quando uma empresa instala um programa de ERP para gerenciamento, o tópico de carregamento de dados começa. Esta informação provavelmente está disponível em outros programas que a empresa usou. Essa transferência de informações é chamada de "migração". Um ERP eficiente deve ser integrado a outros programas de uso comum para permitir essa migração. Além disso, essa capacidade de integração permitirá exportar dados para PDF, Excel ou outros formatos.

Serviço de suporte técnico

A disponibilidade de um sistema de suporte é sempre importante. Os usuários acompanhantes, especialmente nos estágios iniciais, garantirão que eles tomem medidas imediatamente. Além disso, o ERP pode ser danificado. Para que a empresa não congele, é essencial ter aconselhamento e resolução de problemas técnicos.

Na nuvem ou no local: duas modalidades de ERP

Vamos ver as duas opções de compra de um sistema de gerenciamento de ERP.

ERP local ou interno

Instalar o sistema de gerenciamento ERP em servidores locais pertencentes à empresa é uma opção. É necessário equipamento com boa energia para armazenar e gerenciar dados. Eles também precisam de manutenção técnica regular. Portanto, eles exigem um investimento significativo em equipamentos e técnicos para operar sem problemas e sem obstáculos.

ERP na nuvem

Outra opção é comprar um ERP na nuvem. Possui as mesmas funcionalidades de um software local, mas acrescenta algumas vantagens. O ERP na nuvem usa a internet. Portanto, é possível acessar o software em qualquer dispositivo conectado à rede. Um PC, um Tablet, um Smartphone, esses dispositivos comuns são adequados para usar o ERP. A única condição é que eles tenham uma conexão com a internet. Outra vantagem fundamental? Permite mobilidade. Em outras palavras, um escritório não é obrigado a acessar os dados e executar procedimentos. Em qualquer lugar, a qualquer hora, com um dispositivo digital, você tem o escritório em mãos. Essa condição é muito importante para empresas que trabalham fora do escritório, mesmo fora das fronteiras. Qual é mais caro? Sem dúvida, o ERP local exige um maior investimento inicial. Também requer atualizações regulares que também são pagas extra. O software online é atualizado automaticamente e apenas uma taxa mensal fixa é paga, embora o pagamento seja para sempre. No COMPARASOTWARE, oferecemos o conselho que o guiará para a melhor decisão.

Por que trabalhar com um sistema de gerenciamento de ERP?

As soluções de ERP abriram as portas do progresso para as empresas. Agilizando a produção, melhorando os processos, controlando o dia-a-dia de cada área da empresa, otimizando cada tarefa e o desempenho de cada funcionário. A automação de processos economiza tempo de trabalho. Com menos funcionários, melhores resultados são obtidos. Os custos são reduzidos, os negócios são acelerados e a satisfação do cliente é favorecida. Um benefício muito interessante é a geração de relatórios que permitem análises para melhoria. Quais empresas devem ter um ERP? O sistema de gerenciamento de ERP foi desenvolvido para todos os tipos de empresas. Freelancers, PMEs, multinacionais, todos serão favorecidos com esta solução de computador. Independentemente da simplicidade ou complexidade dos processos envolvidos, cada um personalizará seu ERP com os módulos que julgar necessários. Os sistemas ERP trabalham com inteligência interna aplicada em qualquer tipo de organização. As soluções de ERP permitem que as empresas entrem no mundo dos negócios 4.0, onde tudo está conectado. Você ganha em competitividade e, portanto, em lucratividade. Se sua empresa está estagnada ou você acha que o que você espera não está progredindo, escolha seu sistema de gerenciamento de ERP. Oferecemos informações atualizadas para que você possa fazer uma escolha inteligente.

Lista de soluções de ERP

Comentários de ERP

Procesando...
    Procesando...

    ¿Encontraste lo que buscabas?

    Si necesitas ayuda con tu búsqueda, no dudes en solicitar una asesoría.