Gerenciamento de ativos de TI... Para começar, você precisa definir o que este termo se refere. Especificamente, a International Association of IT Asset Managers (IATAM) tem uma definição clara disso. A IATAM aponta que o Gerenciamento de Ativos de TI (IT Asset Management) é “um conjunto de práticas comerciais”. Ele também ressalta que os ativos de TI são incorporados em unidades de negócios dentro da organização. Esse tipo de gerenciamento se aplica ao gerenciamento do ciclo de vida dos ativos de TI. Isto significa que abrange também a tomada de decisões tácticas e estratégicas. O gerenciamento de ativos de TI geralmente anda de mãos dadas com responsabilidades financeiras. Abrange igualmente a gestão contratual, de inventário e de riscos. Também é importante notar que o gerenciamento de ativos de TI engloba todos os elementos de software da empresa. No par, inclui hardware localizado no ambiente da sua organização. Da mesma forma, esse conjunto de práticas de gerenciamento de inventário de TI também é frequentemente chamado. Isso ocorre porque envolve a coleta de informações detalhadas sobre a existência de hardware e software. Esses dados são então usados para tomar decisões sobre compras e o uso de tais ativos. Os ativos de hardware são computadores, redes, servidores e impressoras. Também copiadoras, telefones fixos e celulares. Para alguns setores, o hardware inclui automóveis, caminhões e tudo sobre TI. Quanto aos ativos de software, eles são: licenças, programas, contas de usuário, etc.

Software de gerenciamento de ativos de TI: O que é isso?

No entanto, não é recomendável executar manualmente o gerenciamento de ativos de TI. Isto é, se o objetivo é torná-lo eficiente. Neste ponto, o setor de software entra em jogo. Criou soluções informáticas bastante eficazes neste caso, como tem feito noutros sectores empresariais. Definitivamente, ao usar esse tipo de ferramentas, a gestão de serviços de TI, inventário informático e ativos de informação, entre outros aspectos contemplados nesta área, não precisa ser sinônimo de complicação. O software de gerenciamento de ativos de TI permite manter registros eletrônicos e metadados para suportar o monitoramento, classificação e controle desse tipo de ativos da empresa. Ao mesmo tempo, eles permitem lidar com depreciação, uso e ciclo de hardware e software. Como tem sido o caso de outras categorias de software, a gestão de ativos de TI pode ser tratada no local ou a partir da sede da empresa. Mas há também aquelas ferramentas que permitem salvar e acessar informações da nuvem, o que ajuda seus usuários a trabalhar de qualquer lugar, desde que eles tenham uma conexão com a Internet. Uma variedade de versões de software de gerenciamento de ativos de TI pode ser encontrada: pagamento de licença, opções gratuitas e de avaliação. Há também aqueles desenvolvidos exclusivamente para atender às necessidades particulares de uma organização. Além destes são software livre e software de código aberto. A escolha do software deve se concentrar, tanto quanto possível, nos requisitos da organização. Deverão também ser tidos em consideração os recursos disponíveis para contar com um instrumento deste instrumento.

Lista de soluções de Gerenciamento de ativos de TI

Comentários de Gerenciamento de ativos de TI

loading...
    loading...
    Loading